quarta-feira, 8 de abril de 2009

Sepulcro Medieval em Sampaio

Este Sepulcro medieval, encontra-se em Sampaio, freguesia do Concelho de Vila Flor.
Quando o vi pela primeira vez, era eu ainda criança, encontrava-se no Largo da Fonte, junto à fonte que ali existia, vindo a ser tapada mais tarde, servia então de bebedouro para os animais. Neste momento encontra-se dentro do adro da Igreja Matriz (Igreja de Santo André).
É pena que se encontre tão mal prezado, estando alí encostado a uma parede rodeado e cheio de erva, quase esquecido, sem que alguém lhe de importância. Era pois de estar protegido e bem tratado, uma vez que faz parte do património cultural da aldeia.

4 comentários:

aa disse...

Olá Jorge, realmente é uma pena que 'peças' como estas do nosso património sejam esquecidas e 'deitadas' ao abandono...
Já agora aproveito para fazer uma pergunta... Em Sampaio há uma placa informativa de uma Anta (Anta da Sr.ª da Rosa)... é longe de Sampaio ou fica perto da aldeia? Já tive vontade de ir conhecê-la, mas não sei se fica num local de fácil acesso...

Desejos de uma Feliz Páscoa para o Jorge e família...
Cumprimentos,

AA

JORGE DELFIM disse...

Simexistem antas em Sampaio, eu já a procurei, mas não são faceis de encontrar. Assim que poder eide à Senhora da Rosa a ver se tenho mais sorte que da outra vez que andeia a procura delas e nada. Mas lá na aldeia sei de quem sabe onde se encontram.
Assim que der com elas as coloco no blogue e te direi onde se encontram se as pretenderes visitar.

Boa Pascoa para ti e para os teus.

Jorge Delfim

Fernando Peneiras disse...

Pois é, as pessoas de direito em vez de se meterem em coisas que não lhes dizem respeito, deveriam, isto sim, preservar estas relíquias do antigamente. Mas o que nos vale é que alguém os vai chamando à atenção.
Páscoa Feliz, amigo Jorge.
Cumprimentos

Nuno de Sousa disse...

Vou estar atento a este blog que não conhecia e que belas fotos tens por aqui, irei dar mai suma vista de olhos...
Em Junho devo estar a dar uma volta pelo teu conselho e vou ter com um grande amigo de Vinhais, o Raul Coelho, quem sabe nos possamos encontrar, vou dando notícias.
Um abraço e obrigado pela tua visita e comentário,
nuno