quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Natal gelado

Este Ano o Natal foi passado com a família em Sampaio. De manhã levantei-me e fui à janela do quarto e fiquei maravilhado com o que vi, tudo estava branquinho coberto de gelo, não havia praticamente vegetação que não estive-se coberta de gelo. Já há alguns dias quem passa por Sampaio que pode apreciar este cenário. Mas dia de Natal estava de mais.

Prepareime então para uma caminhada a pé, pelas redondezas da aldeia, claro sem esquecer a máquina fotografica, pois de certeza iria encontrar algo de interessante que merecesse a pena fotografar.
.


Passei por olivais onde as oliveiras estavam cobertas de gelo. A maior parte da azeitona já está cozida do gelo. No tronco das oliveiras nem as teias de aranha escaparam ao gelo, o que as tornava esplendidas, parecendo uma renda feita por alguém.
Fui-me desviando da aldeia em direcção à floresta de eucaliptos, que fica bem no cimo da aldeia, donde se pode avistar grande parte da aldeia. Neste dia apenas dava para ver meia duzia de casas, pois o nevoeiro não permitia avistar a aldeia na sua totalidade.




Desde campos de cultivo a vejetação selvagem, que não deixei de ficar maravilhado com as maravilhas que o gelo nos proporciona. Os gaimões que encontrei estavam esplendidos, pois na ponta parece que tinham uma flor de veludo. Lindo de se ver!




Depois de algumas 2 horas regressei a casa, pois o frio apertava e era tanto que até o cabelo chegou a ficar congelado.
Tivemos assim este ano um Natal bem gelado e frio.
Frio este que parece querer continuar.

2 comentários:

at ento disse...

Olá. Bravo!
que belos momentos nos proporcionas neste cantinho. Uma bela visão destas muito boas fotos, Parabéns! e gratos pela partilha.
Vinhamos agradecer as tuas preocupações pela Linha Do Tua, que nos unem como transmontanos e amigos do nosso património paisagístico que é parte da nossa cultura, e vimos Património Efémero é certo, o gelo, mas que dá aquele toque sublime que só a natureza consegue e claro os "caçadores" de imagens tão oportunamente imortalizam, como é também o teu caso.
Bom Ano, que se cumpram todos os desejos...
Saudações com a nossa amizade.
At Ento

euroluso disse...

Até dá arrepios, só de ver esse belo "Natal gelado"!