quarta-feira, 12 de novembro de 2008

São Martinho

A Lenda de São Martinho: Diz a lenda que quando um cavaleiro romano, viu um velho mendigo cheio de fome e frio, estando quase nu. O dia estava chuvoso e frio, e o velho mendigo estava encharcado. O cavaleiro, chamado Martinho, era bondoso e gostava de ajudar as pessoas mais pobres. Então, ao ver aquele mendigo, ficou cheio de pena e cortou a sua grossa capa ao meio, com a espada dando metade da capa ao mendigo e partiu. Passado algum tempo a chuva parou e apareceu no céu um lindo Sol.

No dia de São Martinho a 11 de Novembro, fazem-se os magustos, tradição que remota de há muitos anos, fogueiras ao ar livre, reunindo-se familiares e amigos em quanto as castanhas estalam na fogeira. Comem-se castanhas assadas acompanhadas de vinho novo, jeropiga ou água-pé, já o velho ditado assim diz: "No dia de São Martinho, vai à adega e prova o vinho. No Nordeste Transmontano não se esquece esta tradição, o que não poderia deixar de ser, uma vez que é predominante o cultivo de castanha.

Alguns dos Provérbios do São Martinho:

- No dia de S. Martinho vai à adega e prova o teu vinho.

- Mais vale um castanheiro do que um saco com dinheiro.

- Dia de S. Martinho fura o teu pipinho.

- Pelo S. Martinho mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.

- Se queres pasmar teu vizinho lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.

- Dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho.

- Pelo S. Martinho, prova o teu vinho, ao cabo de um ano já não te faz dano.

- Pelo S. Martinho mata o teu porco e bebe o teu vinho.

2 comentários:

Maria disse...

Olá Jorge,

Obrigada pela tua visita, não vim retribuir não... aqui só vim buscar uma castanha :-)

Beijocas!

euroluso disse...

Muito boa postagem sobre o São Martinho!