quarta-feira, 11 de março de 2009

Moncorvo em Flor



Ainda com o branco de algumas , Torre de Moncorvo já tem o amarelo das mimosas a maravilhar-nos.
A acácia-mimosa é originária da Austrália, considerada invasora em Portugal (DL 565/99). Em condições favoráveis pode atingir os 20 m de altura. As suas flores em forma de cacho, com pequenos globos amarelos, com um aroma agradável, parece, aliás, estar na origem da sua introdução. É uma árvore que tolera bem a secura e que por vezes aparece a ladear as estradas ou a ornamentar jardins. Renasce facilmente após um fogo florestal (a germinação das sementes é estimulada pelo fogo e rebenta facilmente a partir das raízes) e quando as condições não são muito favoráveis não ultrapassa o porte arbustivo serrado que elimina qualquer competidora. Além disso, parece que é alelopática (isto é, produz compostos químicos que inibem o crescimento de outras espécies).
Mas apesar de tudo, nesta altura do ano um pouco por todo o país, não excluindo o Nordeste Transmontano, é agradavel ver a paisagem pintada de amarelo das mimosas o que a torna magnífica.
Para além das Amendoeiras em Flor, Moncorvo tem muito mais para maravilhar quem visita esta linda vila do Nordeste Transmontano, com a sua paisagem natural.

3 comentários:

Wanda disse...

Olá Jorge!
Maravilhosas fotos tens mostrado neste quase inicio de primavera.
Uns ângulos muito bem escolhidos, estou aqui a apreciar quão bela é a natureza Trás os Montes!
Abraço
Wanda

aa disse...

Apesar das mimosas serem 'umas invasoras' não deixam de ter a sua beleza... A paisagem torna-se maravilhosa como bem diz o Jorge... Com a chegada da Primavera, tudo ganha vida e cor... Boa informação sobre as mimosas!
Cumprimentos,

AA

Anónimo disse...

Pese a beleza, é para mim motivo de tristeza ver as terras manchadas de amarelo, como que a anunciar a perda de preciosos valores naturais. Tantos eles irrecuperáveis, como o são as espécies endémicas muito localizadas. Que a primavera nos possa trazer outras cores, bem mais "nossas".
Bem haja pelo blog,
A.R.G